Exército Real Português


Bem-Vindo ao Exército Real Português - ERP!

Se é a primeira vez que nos visitas e pretendes ingressar nas nossas fileiras contacta o teu Comandante Local, deste modo ele poderá guiar-te pelas etapas que antecedem a recruta.
Para mais informações relacionadas com os princípios do ERP dirige-te ao Posto de Guarda :: Informações.

Oratorium Militaris

Responder ao tópico

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Aka_amber em 29/7/2011, 16:14

Amber bieja a mão do gentil Capelão. Ela pensara em voltar para sua casa, mas sabia que recusar passar a noite aqui deixaria o padre preocupado.

- Tudo bem, meu amigo. Fico aqui esta noite. Quero mesmo rezar um pouco mais. - diz com um sorriso.

Ao acompanhar com os olhos, o padre ir até a sacristia, nota que ele parou para conversar com alguém. Com alguma dificuldade, devido à luz fraca, Amber reconhece Adriano.
A loira levanta-se e caminha suavemente até os dois.

- Vou ficar rezando um pouco mais, querido Monsenhor. Por favor, descanse em seu quarto, eu fico muito bem no sofá da sacristia. Por favor. - e voltando-se para Adriano: - Posso me sentar contigo, Adriano?

Aka_amber
Marechal
Marechal

Número de Mensagens : 1891
Data de alistamento : 22/08/2009
Regimento : Alcobaça



ERP
Cargo: Militar Reformado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 1/8/2011, 23:31

Adriano percebe Monsenhor Gudo a falar-lhe então responde:

"Obrigado Monsenhor, sim desejo uma benção, no entanto gost odeste lugar, a penumbra me conforta as vezes e me dá oportunidade para refletir"

Observa que Amber também o percebe e vem ter com ele e ao lhe inquiri responde

"Claro Amber, sente-se cá e vamos fazer orações juntos, rezemos o credo:

Eu acredito em Jah, o Altíssimo Todo-poderoso,
Criador do Céu e da Terra
Do Inferno e do Paraíso,
Juiz da nossa alma na hora da morte.

E em Aristóteles, seu profeta,
O filho de Nicomaque e de Phaetis,
Enviado para ensinar a sabedoria
E leis divinas do universo aos homens perdidos.

Eu também acredito em Christos,
Nascido de Maria e de Giosep.
Que dedicou sua vida para nos mostrar o caminho do Paraíso.


Última edição por Adriano_II em 26/10/2011, 20:20, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 26/10/2011, 19:01

O Capitão-General Pedro Affonso, homem que apesar da idade ainda ostentava austeridade e firmeza, segundo todos os que o conheciam, chegava a Capela Militar. Suas vestes, impecáveis como sempre, em seu pescoço ostentava o colar das Forças Armadas, símbolo privativo do Comandante-Chefe, entretanto, hoje sua expressão estava diferente, o peso da vida parecia, mais que nunca, marcar-lhe a fronte. Estava pálido, com aparência cansada, desgostoso.

Entretanto, de seus olhos nenhuma lágrima vertia. Havia prometido para si mesmo que não exibiria fraqueza. Assim chegava a Capela Militar de São Miguel Arcanjo, lugar que pouco vinha para orar, nos últimos tempos. Não encontrara seu padrinho, o Capelão-Mor por ali, imaginando que talvez estivesse na Torre do Tombo organizando o Arquivo da Capela, agora que esta poderia realizar sacramentos oficiais.

Ajoelhava-se, assim, perante o Oratorium Militaris, onde vislumbrava as imagens de Christos, de Aristóteles e do Arcanjo São Miguel, para rezar


    Eu acredito em Jah, o Altíssimo Todo-poderoso,
    Criador do Céu e da Terra
    Do Inferno e do Paraíso,
    Juiz da nossa alma na hora da morte.

    E em Aristóteles, seu profeta,
    O filho de Nicomaque e de Phaetis,
    Enviado para ensinar a sabedoria
    E leis divinas do universo aos homens perdidos.

    Eu também acredito em Christos,
    Nascido de Maria e de Giosep.
    Que dedicou sua vida para nos mostrar o caminho do Paraíso.
    Assim, depois de ter sofrido sob Pontius,
    Ele morreu em martírio para nos salvar.
    Entrou para o Sol onde O aguardava Aristóteles à direita do Altíssimo.

    Eu acredito na acção divina;
    Na Santa Igreja Aristotélica Romana, Una e Indivisível;
    Na comunhão dos santos;
    Na remissão dos pecados
    Na vida eterna.

    ÁMEN


E ali ficara meditando, de joelhos.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 27/10/2011, 14:28

Ruan Garcia entra na Capela Militar e lá emcontra o Capitão-General Pedro Affonso,logo se apresenta ao seu superior em posição de sentido e ápós prestar continência ao seu superior, pede permissão para permancer no recito e fazer suas orações.
Após aceite a permissão dada pelo seu superior ajoelha-se e em silêncio inicia suas preces.

Eu acredito em Jah, o Altíssimo Todo-poderoso,
Criador do Céu e da Terra
Do Inferno e do Paraíso,
Juiz da nossa alma na hora da morte.

E em Aristóteles, seu profeta,
O filho de Nicomaque e de Phaetis,
Enviado para ensinar a sabedoria
E leis divinas do universo aos homens perdidos.

Eu também acredito em Christos,
Nascido de Maria e de Giosep.
Que dedicou sua vida para nos mostrar o caminho do Paraíso.
Assim, depois de ter sofrido sob Pontius,
Ele morreu em martírio para nos salvar.
Entrou para o Sol onde O aguardava Aristóteles à direita do Altíssimo.

Eu acredito na acção divina;
Na Santa Igreja Aristotélica Romana, Una e Indivisível;
Na comunhão dos santos;
Na remissão dos pecados
Na vida eterna.

ÁMEN


Terminada a oração do Credo,Ruan senta-se em um dos bancos e fica em silêncio meditando e refletindo em todas suas ações pretéritas,entre seus acertos e erros que cometeu onde sente-se naquele local um agradavel refugio para todas suas mazelas da alma

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Ttocs em 29/11/2011, 20:53

Ttocs entra e dirige-se ao altar, após cumprimentar e beijar o anel do Capelão-Mor Monsterguid de Albuquerque ajoelhou-se e rezou um credo:

Eu acredito em Jah, o Altíssimo Todo-poderoso,
Criador do Céu e da Terra
Do Inferno e do Paraíso,
Juiz da nossa alma na hora da morte.

E em Aristóteles, seu profeta,
O filho de Nicomaque e de Phaetis,
Enviado para ensinar a sabedoria
E leis divinas do universo aos homens perdidos.

Eu também acredito em Christos,
Nascido de Maria e de Giosep.
Que dedicou sua vida para nos mostrar o caminho do Paraíso.
Assim, depois de ter sofrido sob Pontius,
Ele morreu em martírio para nos salvar.
Entrou para o Sol onde O aguardava Aristóteles à direita do Altíssimo.

Eu acredito na acção divina;
Na Santa Igreja Aristotélica Romana, Una e Indivisível;
Na comunhão dos santos;
Na remissão dos pecados
Na vida eterna.

ÁMEN

Ao terminar , retira-se discretamente para o final da Igreja para continuar com as suas preces.

Ttocs
Adaíl
Adaíl

Número de Mensagens : 296
Data de alistamento : 24/10/2011
Regimento : Alcacer do Sal
Ofício : Ferreiro
Condecorações


ERP
Cargo: supervisor de alfandega de Alcacer do sal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Rogero em 22/4/2012, 21:27

Rogero passa por perto da Capela do Exército. Pedindo permissão para entrar, Rogero se coloca de joelhos e começa a rezar por dias melhores em seu Reino.

Rogero
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidado em 4/5/2012, 21:50

O Primaz de Portugal entra pela primeira vez no quartel da ERP, vai ate a sacristia e proucra o capelão-mor, pede a um guarda/soldado, para chama-lo, e quando espera reza um pouco.

Eu acredito em Jah, o Altíssimo Todo-poderoso,
Criador do Céu e da Terra
Do Inferno e do Paraíso,
Juiz da nossa alma na hora da morte.

E em Aristóteles, seu profeta,
O filho de Nicomaque e de Phaetis,
Enviado para ensinar a sabedoria
E leis divinas do universo aos homens perdidos.

Eu também acredito em Christos,
Nascido de Maria e de Giosep.
Que dedicou sua vida para nos mostrar o caminho do Paraíso.
Assim, depois de ter sofrido sob Pontius,
Ele morreu em martírio para nos salvar.
Entrou para o Sol onde O aguardava Aristóteles à direita do Altíssimo.

Eu acredito na acção divina;
Na Santa Igreja Aristotélica Romana, Una e Indivisível;
Na comunhão dos santos;
Na remissão dos pecados
Na vida eterna.

ÁMEN.


Última edição por Thegold em 12/5/2012, 17:13, editado 2 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Monsterguid em 5/5/2012, 14:24

O velho Capelão encontrava-se entre seu momento de rezar a Jah, mas devido a sua idade, seu estado passava de rezar para dormir, e de dormir para rezar em momentos não bem definidos. Um acólito tocou-lhe as costas, enquanto rezava, e o clérigo deu um salto.

- Meu filho, o que houve?


- Vossa Alteza, o Primaz o espera na Capela Militar. Foi o que me disse um dos soldados.


- O Primaz?

O clérigo vestiu sua capa, que estava ao lado do genuflexório e andou em passos rápidos. Enquanto caminhava e atravessava as fileiras de bancos, pode-se avistar um homem em longas vestes eclesiásticas. Sim, era o Primaz! - pensava o clérigo.

- Vossa Excelência Reverendíssima, sua benção!
- disse e ajoelhou-se com dificuldade para beijar o anel Episcopal. - Seja bem-vindo a esta singela Capela Militar. O que o trazes aqui?

Monsterguid
Anadel
Anadel

Número de Mensagens : 1992
Data de alistamento : 25/08/2009
Idade : 28
Regimento : [PT] Porto, Condado do Porto
Ofício : Teólogo



ERP
Cargo:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 8/5/2012, 11:41

Passava o Cmdt. Mgcadv, pela Capela foi orar, ajoelhou-se próximo ao altar:

Eu acredito em Jah, o Altíssimo Todo-poderoso,
Criador do Céu e da Terra
Do Inferno e do Paraíso,
Juiz da nossa alma na hora da morte.

E em Aristóteles, seu profeta,
O filho de Nicomaque e de Phaetis,
Enviado para ensinar a sabedoria
E leis divinas do universo aos homens perdidos.

Eu também acredito em Christos,
Nascido de Maria e de Giosep.
Que dedicou sua vida para nos mostrar o caminho do Paraíso.
Assim, depois de ter sofrido sob Pontius,
Ele morreu em martírio para nos salvar.
Entrou para o Sol onde O aguardava Aristóteles à direita do Altíssimo.

Eu acredito na acção divina;
Na Santa Igreja Aristotélica Romana, Una e Indivisível;
Na comunhão dos santos;
Na remissão dos pecados
Na vida eterna.

ÁMEN

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidado em 10/5/2012, 08:37

O Reverendíssimo Primaz, dá a sua bênção ao seu velho amigo Capelão-mor.

Vá não te ajoelhes, que depois tenho de ser eu ajudar-te a levantar e a idade já custa - diz o Primaz sorrindo

Ao recuperar o folego da piada de velhos o Reverendíssimo continua

Venho aqui, por um simples motivo, a autorização da vossa ilustre capela, o pedido já foi feito, mas a irmã kali_, não consegue ver a vossa caplea, por isso abrem as portas para todos os filhos de JAH poderem ver a Sua casa.

O Bispo de Coimbra ao terminar o motivo da sua vinda, ao seu Vigario, aceita um pouco de chá que um humilde soldado oferce.


Última edição por thegold em 11/5/2012, 08:44, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Monsterguid em 10/5/2012, 23:41

O Capelão riu alto com o comentário do Primaz.

- A velhice, infelizmente, atinge a todos. Eu já a atingi - o clérigo cessou o comentário - ou melhor, fui atingido pela velhice há tempos.

O clérigo ouviu o comentário com atenção, e respondeu com sinceridade.

- Meu bom Primaz, a Capela está aberta para a visitação de todos. Por favor, siga-me até a entrada da Capela.



Monsterguid
Anadel
Anadel

Número de Mensagens : 1992
Data de alistamento : 25/08/2009
Idade : 28
Regimento : [PT] Porto, Condado do Porto
Ofício : Teólogo



ERP
Cargo:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidado em 11/5/2012, 08:42

Depois de umas risadas de velhos, o Primaz ouve com atenção a indicação.

Vou tratar já do assunto. - diz o Primaz todo apressado e a chamar um acolito para encaminhar o pedido.

Meu filho, desculpa te fazer correr, mas leva isto a irmã Kali_ - diz o Bispo de Coimbra ap seu pobre fiel acolito.

Bem meu caro, já comia qualquer coisa, bem um cheirinho bom dali, é a vossa messe??? - diz o Primaz todo guloso

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 11/5/2012, 15:31

Madre Joquebede que por ali passava fica feliz por encontrar seu amigo Primaz, Monsenhor Thegold.
- Olá Monsenhor, a sua visita é uma honra para o nosso exercíto, seja benvindo. Instale-se aqui confortavelmente.
Madre Joquebede ajoelha-se e beija o anel de Monsenhor. Entretanto esta repara que Monsenhor está exausto.
- Monsenhor, beba este maravilhoso vinho, e descanse um pouco enquanto vou lhe buscar leitão assado da região que encomendei para si.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidado em 11/5/2012, 21:04

O Reverendíssimo Primaz fica supreso com a visita da mais recente Madre de Coimbra, apos de receber os devidos cumprimentos, dá a bênção a seguidora de JAH.

Minha filha, como vais??? Estou feliz de ter ver tambem por aqui e muito obrigado pela a recepção, pois o nosso Capelão-mor já o tinha feito e a honra é toda minha. - diz o Primaz a Capelã

- Monsenhor, beba este maravilhoso vinho, e descanse um pouco enquanto vou lhe buscar leitão assado da região que encomendei para si. - falou a Madre com um sorriso

Obrigado minha filha, pela a tua simpatia

O Bispo aprecia o vinho quando espera pelo leitão

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Monsterguid em 12/5/2012, 15:20

O Capelão comentou com um sorriso.

- Meu bom Primaz, deve ser muito bom a vida de líder da Igreja em Portugal. Para ti há leitão assado, enquanto para este pobre clérigo há milho ensopado todos os dias.

O clérigo riu alto novamente.

- Esta é a vossa casa, Monsenhor, fique a vontade.

Monsterguid
Anadel
Anadel

Número de Mensagens : 1992
Data de alistamento : 25/08/2009
Idade : 28
Regimento : [PT] Porto, Condado do Porto
Ofício : Teólogo



ERP
Cargo:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 12/5/2012, 16:44

Joquebede ri e cora. Pois a observação do Capelão-mor a deixou um pouco desconfortável.
- Olá Monsenhor Monsterguid, como vai? Pois tem razão, mas com a vinda do Primaz eu tive o cuidado de pedir um leitão grande para que todos possámos festejar e comer.
Joquebede serve um copo de vinho ao Capelão-mor, quando alguém bate a porta...
- Nem de propósito, deve o Felizberto, o meu mordomo, eu pedi-lhe para que viesse até aqui trazer o leitão.
Joquebede vai abrir a porta e recebe o mordomo...

- Obrigada Berto, anda junta-te a nós.
O Primaz e o Capelão-mor ficam espantados com o tamanho do leitão...
- Berto! Vai por favor ao pátio dos militares chamar o resto dos soldados.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Monsterguid em 12/5/2012, 17:03

O clérigo sorriu.

- Não se preocupe irmã, eu já estou gordo o suficiente, é correcto tratar-me com milho. É melhor guardar a boa comida para as boas visitas, como, por exemplo, o reverendíssimo Primaz Thegold Highlander, e para as visitas ruins o clérigo interrompeu-se. - para as más visitas temos uma forma de tratamento e alimento próprio reservado.

O clérigo tornou a rir, agradeceu a taça e bebeu o vinho lentamente.

Monsterguid
Anadel
Anadel

Número de Mensagens : 1992
Data de alistamento : 25/08/2009
Idade : 28
Regimento : [PT] Porto, Condado do Porto
Ofício : Teólogo



ERP
Cargo:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidado em 12/5/2012, 17:12

O Reverendíssimo fica de boca aberta ao ver o leitão.

Meu JAH, mas isso é um leitão ou um porco??? - diz o Primaz com uma gargalhada

Ao ouvir a Madre de Coimbra a chamar os soldados para apreciarem o leitão, omesmo diz.


Minha filha, vai-me servindo a mim e o ao nosso capelão, para evitar despois a confussão - falou o Bispo meio assustado ao ouvir um barulho enorme vindo da rua.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Aka_amber em 14/5/2012, 15:22

Amber chega à Capela Militar.

- Mas oras...o que se passa aqui? - pergunta fingindo-se brava, mas com um largo sorriso.

Aka_amber
Marechal
Marechal

Número de Mensagens : 1891
Data de alistamento : 22/08/2009
Regimento : Alcobaça



ERP
Cargo: Militar Reformado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Monsterguid em 14/5/2012, 18:23

O Capelão-mor levantou-se num salto. A inesperada visita fez o seu coração pular uma batida.

- Minha Dama, seja bem-vinda! Disse, enquanto fazia uma vénia. - Vossa Reverendíssima, o Primaz, veio visitar-nos. Entre e sente-se connosco.

O Capelão mostrou o Primaz com a mão direita e depois reservou o lugar de honra para a Capitã-General.

- A irmã Joquebede preparou-nos um delicioso leitão assado para comemorar a visita do Primaz. Sirva-se!

Monsterguid
Anadel
Anadel

Número de Mensagens : 1992
Data de alistamento : 25/08/2009
Idade : 28
Regimento : [PT] Porto, Condado do Porto
Ofício : Teólogo



ERP
Cargo:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 14/5/2012, 19:34

O Marechal Amigo Solitario chega a Capela.

Com um sorriso no rosto, o militar olhava para os presentes e antes de qualquer reação pergunta

Falavam em más visitas? Cheguei!!!!

Vendo as ilustres presenças, o Marechal bate continência para a Comandante-Chefe.

Capitã-General!

Reverendíssimo Primaz, que honra.
, diz o Conde ajoelhando-se para beijar o anel do Bispo.

Padrinho, sua bênção, fala Amigo em seguida beijando o anel do Capelão-Mor.

Reverenda Capelã, como vai?, fala beijando também o anel de Madre Joquebede.

Nossa! Um leitão assado. E como está cheiroso!!! E não iam me chamar? Ao menos Jah é bom comigo. Colocou no meu coração o desejo de vir rezar sabendo que chegaria aqui e encontraria esta bela iguaria.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Aka_amber em 15/5/2012, 02:22

Amber olha para o Marechal com um ar irônico:

- Neste caso não foi a vontade de orar que te trouxe aqui. Deixa lá de pregar mentiras em plena Capela. Foi mesmo o cheiro delicioso que se espalhou por todo o Quartel General. Agora já não conheço essa sua gula? Por isso está cada dia mais recheado dentro da armadura!

E rindo-se, divertida por saber que sua patente superior não permitirá que o amigo retruque de forma muito exaltada, a Comandante Chefe senta-se com os demais para partilhar a refeição. Mas não antes de beijar as mãos do amigo/conselheiro/mentor espiritual Reverendo Monsterguid, da querida Madre e neta Joquebede e do Primaz e amigo TheGold.

- Fico contentíssima com a visita do Primaz. E como está a nossa querida Igreja Aristotélica?

Aka_amber
Marechal
Marechal

Número de Mensagens : 1891
Data de alistamento : 22/08/2009
Regimento : Alcobaça



ERP
Cargo: Militar Reformado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 15/5/2012, 02:49

Um pouco constrangido mas visivelmente irritado por ser obrigado a forçar silêncio, Amigo Solitario fala

Errrrr..... Não é bem assim Comandante, tenho feito pouco exercício com o excesso de trabalho nos escritórios do ERP.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Aka_amber em 15/5/2012, 03:17

Amber ri-se baixinho de notar a irritação do Marechal.

- Estou a ver...precisamos fazer um esquema de exercícios diária aos Oficiais graduados. Assim não ficam rechonchudinhos...hehehe

Aka_amber
Marechal
Marechal

Número de Mensagens : 1891
Data de alistamento : 22/08/2009
Regimento : Alcobaça



ERP
Cargo: Militar Reformado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Convidad em 15/5/2012, 10:42

Joquebede serve um pouco de leitão ao seu amigo Primaz Thegold e ao seu Capelão-Mor Monsterguid.
- Amigo.solitário e querida avó Aka_amber, por favor probem este maravilhoso leitão! Felizberto! Abre outra garrafinha de vinho bom de Coimbra por favor.
Todos comem saboriando...

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Oratorium Militaris

Mensagem  Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 16:07


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum